Envie uma mensagem
contato@provital-quiropraxia.com.br
Loja
Em breve

HERNIA DISCAL: VOCÊ SABE O QUE É E QUAIS OS SINTOMAS?

Vamos comentar sobre este problema que acomete 2 a 3% da população, explicando o que é, seus sintomas, tratamentos e causas.

Mas então o que é este problema famoso e como é classificado?

É considerado um deslocamento da massa central do disco para os espaços intervertebrais, por conta de um rompimento do anel fibroso. Este disco é responsável por impedir o contato e amortecer impactos entre uma vértebra e outra, por isso esta lesão afeta também medula espinhal e raiz nervosa.

É classificada de acordo com o local que é afetado, podendo ser hérnia de disco cervical (quando acomete a região do pescoço), hérnia de disco torácica (afeta a região do meio das costas) e hérnia de disco lombar (acomete a região mais baixa das costas)

Além disso existem 3 tipos de hérnia de disco: a protusa, quando não há extravasamento do núcleo do disco, mas é perdida a sua forma oval; a extrusa, quando o núcleo está deformado formando uma gota e a sequestrada que é quando o núcleo pode até se dividir.

Um indivíduo pode ter mais de uma hérnia e a mesma vai se agravando conforme o tempo, primeiramente só será descoberta por ressonância magnética, mais tarde surgem os sintomas.

Sintomas: de acordo com a hérnia:

Quando a mesma é cervical… Há dor na nuca ou no pescoço, dificuldade na movimentação dos braços e pescoço, fraqueza dormência ou formigamento em cotovelos, braço, mão ou dedos.

Quando a mesma é lombar… Há dor na região mais inferior das costas, dificuldade na movimentação na cama, em abaixar e levantar, dormência na bunda e pernas, além de queimação no trajeto do nervo ciático.

Geralmente todos esses sintomas pioram com o movimento ou com o esforço feito nas necessidades fisiológicas.

Mas e agora como saber se eu tenho este problema?

O diagnóstico é feito pelos sintomas, exame físico e confirmado por ressonância magnética ou tomografia computadorizada. O Raio X também pode ser utilizado, pois mostra o alinhamento da coluna vertebral e a integridade dos discos intervertebrais.

Como vou tratá-lo?

O médico pode indicar diversos tratamentos como: Anti-inflamatórios,      Pilates, Hidroterapia, Osteopatia, Fisioterapia, Quiropraxia e até mesmo cirurgia dependendo da hérnia e do local acometido.

Dando ênfase a Quiropraxia, a mesma consiste no realinhamento da coluna vertebral, feito através de técnicas manuais, o quiropraxista pode fazer diagnóstico, tratamento e prevenção das comorbidades musculoesqueléticas, por isso é uma ótima opção para que possui este problema.

A cirurgia é a opção final de tratamento por ser mais invasiva, ficando reservada para os pacientes que não melhoram em 6 meses com as intervenções anteriores.

É importante frisar que durante o tratamento a pessoa se afaste dos problemas que tem provocado hérnia, não faça esforço e não pratique atividade física.

O que causa esse problema?

A hérnia de disco pode ser causada por má postura, falta de cuidado ao levantar algo pesado, além de ser agravada de acordo com o envelhecimento, excesso de peso e esforço físico inadequado. Algumas profissões são mais predispostas a desenvolver esses problemas como os pintores, serventes, empregadas domésticas, motoristas e pedreiros.