Envie uma mensagem
contato@provital-quiropraxia.com.br
Loja
Em breve

Como usar o celular sem prejudicar o pescoço?

O uso excessivo do celular com a cabeça baixa pode exercer uma sobrecarga muito grande nos músculos do pescoço. E nem é preciso um ângulo muito acentuado para que a coluna vertebral, enquanto você usa seu celular, comece a sentir os efeitos. Ao inclinar o pescoço levemente em 30º graus, por exemplo; você já altera sua postura e faz com que a coluna tenha que suportar 18 kg, pelo menos 12 kg a mais do que ela suportaria caso você estivesse com o pescoço esticado. Com o pescoço dobrado em 60º graus ou mais, você já está debruçado sobre o celular. Isso, obviamente, causa dores mais severas e prejudica de forma incomparável a coluna.

Por isso, listamos seis maneiras simples de reduzir o risco do surgimento de problemas na coluna:

1- Olhe para o celular sem dobrar o pescoço. Levante a tela do celular, de modo que fique no nível adequado.

2- Ocasionalmente, mova lentamente a cabeça de um lado para o outro, esticando os músculos e fazendo com que atuem em outras direções, não apenas para baixo. A intenção é fazer com que a musculatura atue em mais de uma direção, para tirar a sobrecarga do pescoço.

3- Sempre que possível, massageie os ombros, os músculos laterais do pescoço e a área entre as omoplatas. Isso faz com que a musculatura fique mais relaxada e a pessoa passa a adotar uma postura melhor.

4- Apoie as costas em uma parede, estenda os braços para os lados e para cima, arqueando o peito na mesma direção. Isso vai ajudar a relaxar os músculos, que ficaram contraídos, enquanto você usava o celular.

5- Quando você usar o celular por mais de 10 minutos, junte as omoplatas e grude o queixo no pescoço. Esse exercício deve ser repetido várias vezes, permanecendo nessa posição por, pelo menos, 10 segundos.

6- Evite a tentação de ficar em uma postura incorreta durante o uso do celular, evitando dores e problemas de saúde no futuro.

o que é a quiropraxia

O que é a quiropraxia

A quiropraxia é uma profissão da área da saúde que lida com o diagnóstico, tratamento e prevenção das desordens dos nervos, músculos, tendões e sistema ósseo.
Isso significa que com a quiropraxia, tratamos todos os tipos de dores e lesões presentes no corpo humano. Através de examinação feita no consultório, conseguimos localizar e corrigir a origem das dores que nos afetam no dia a dia.

Qual a diferença entre se estralar ou ser ajustado pelo seu quiropraxista?

Com certeza todo quiropraxista já ouviu esta pergunta, e boa parte dos pacientes já deve ter pensado o mesmo, mas a final, qual a diferença entre se estralar ou ser ajustado?

Quando estralamos uma estrutura, estamos mobilizando diversos seguimentos ao mesmo tempo, de forma inespecífica, sem uma direção ou linha de correção. Em geral o segmento mais restrito acaba por não se mover devido a grade restrição de movimentos na região.

Já os ajustes buscam a articulação que está restrita e corrigem especificamente o movimento daquela região, utilizando a angulação correta, assim como a linha de correção e força adequada.

Ficar se estralando não é uma boa ideia, mesmo que gere alívio temporário, o problema permanecerá ali.